Conheça as Etapas do Processo de Recauchutagem.

  • Limpeza

    Inicialmente o pneu passa por uma limpeza específica, evitando assim riscos e contaminações, para que se possa realizar a inspeção.
  • Inspeção

    Para garantir os padrões de recapagem, as carcaças são cuidadosamente inspecionadas. Nesta etapa, o pneu é aberto e iluminado, garantindo que só aquelas que estão dentro dos padrões estabelecidos pela empresa sejam reformados.
  • Raspagem

    Liberado pela inspeção, o pneu entra em uma raspa robô Lukatec compacta, única raspa robô do Sul do Brasil deste modelo. Nesta etapa o pneu é raspado em condições normais de rodagem, depois o desenho original é totalmente removido para preparação a seguir. O objetivo dessa raspagem é obter uma rodagem uniforme e simétrica e preparar a carcaça para receber a nova banda de rodagem.
  • Escariação

    Etapa onde os principais danos do pneu são evidenciados e padronizados para o reparo. Nesta parte do processo é possível remover pequenas impurezas, separação, oxidação e borracha queimada da carcaça.
  • Aplicação de Cola

    Realizada com uma pistola de ar comprimido, a etapa de aplicação de cola é feita com o pneu suspenso, girando dentro de uma câmara de metal, que é manipulada através de uma abertura lateral. Em poucos minutos toda a área superior do pneu é coberta de cola.
  • Enchimento

    Com o pneu suspenso, a etapa de enchimento se inicia. Utilizando uma pistola extrusora, cada depressão evidenciada pela escariação é preenchida. Este processo não só reforça com borracha as áreas danificadas, como mantêm a superfície do pneu nivelada para as próximas etapas.
  • Aplicação da Banda de Rodagem

    É nesta etapa que o pneu é colocado na roletadeira, onde ele se mantém firme para receber sua nova banda de rodagem. Assim, conforme o comando do aplicador, a adesão da banda torna-se uma das partes mais resistentes do pneu, se mantendo uniforme e sem variações.
  • Fase de Envelopamento

    Primeira das duas etapas de preparação do pneu para a Autoclave, a Envelopadeira é uma máquina que recebe o pneu erguido pelo monotrilho e o envelopa com uma capa de borracha, deixando toda a sua área externa protegida.
  • Montagem para Autoclave

    Neste momento o pneu envelopado é deitado na mesa de montagem e recebe uma capa interna, que se junta com a capa externa, o cobrindo por completo. Após ter o pneu todo coberto, o ar entra entre as capas e o pneu é inflado por sucção automatizada, deixando tudo pronto para a Autoclave.
  • Autoclave

    É na máquina de Autoclave que se realiza o processo de Vulcanização dos pneus. O pneu é submetido a um tempo e principalmente a uma pressão e temperatura extremamente precisa e eficaz que faz toda a borracha se fundir, reparos são firmados e a peça se torna uma só, firme e resistente, sem deformidades.
  • Desmontagem

    É na Autoclave que se realiza o processo de vulcanização dos pneus. Nesta etapa o pneu é submetido a aproximadamente 3 horas de pressão e temperatura extremamente precisa e eficaz que faz toda a borracha se fundir, os reparos são firmados tornando o pneu firme e resistente, sem deformidades.
  • Vistoria Final

    Um equipamento semelhante ao utilizado na Inspeção é essencial nesta última etapa. Aqui o pneu recauchutado é erguido, aberto e completamente vistoriado, para só então ser liberado para rodar novamente. Mantendo assim o alto padrão de qualidade exigido pela Bonin.
×

Olá!

Clique aqui para tirar suas dúvidas por WhatsApp ou envie um e-mail para contato@boninpneus.com.br

× Como posso te ajudar?